sábado, 19 de setembro de 2015

Precisando de tradução?

MAXIMUS TRADUÇÕES





Tornando a Língua estrangeira  fácil de entender


A Maximus Traduções e sua equipe de tradutores e revisores, estão prontos a lhe oferecer serviços de alta qualidade. A empresa oferece  serviços de  tradução, interpretação e revisão. 

Precisando de alguma tradução  para o inglês ou espanhol?

domingo, 12 de outubro de 2014

De novo ou denovo

De novo ou denovo

É muito comum escrever “denovo” junto, mas está completamente incorreto! Denovo não existe! A forma correta é escrever “de novo” separado.

De novo é uma locução adverbial composta pela preposição de e pelo adjetivo ou substantivo novo.

Quando tiver dúvida na hora de escrever de novo, substitua por novamente ou outra vez e manterá o mesmo significado.

Exemplo: 

  • De novo voltarei ao Rio de Janeiro = Novamente voltarei ao Rio de Janeiro. 
  • Não acredito que você fez isto de novo = Não acredito que você fez isto novamente! 
  • Terei que reescrever esta monografia de novo = Terei que reescrever esta monografia outra vez! 

Fonte: como escreve.com

quinta-feira, 20 de março de 2014

Inglês com Filmes New Headway - Part 1 (Para Iniciantes)

APRENDA INGLÊS EM CASA!

O particípio "entregue" ou "entregado"


Você lembra o que é particípio? São formas como "falado", "beijado", "bebido", "esquecido".... Há verbos, muitos verbos, que têm dois particípios. Na hora de escolherem entre um e outro, as pessoas comumente ficam em dúvida. Dois exemplos: o verbo "salvar" tem dois particípios, "salvo" e "salvado". O verbo "entregar" também: "entregado" e "entregue".
O "Nossa Língua Portuguesa" foi às ruas perguntar qual a forma correta :
"Eu havia entregado o pacote" ou "Eu havia entregue o pacote"?
Das oito pessoas entrevistadas, quatro acertaram: "Eu havia entregado o pacote". Este é o que as gramáticas chamam de particípio longo, regular, que termina em "-ado" ou "-ido" . O particípio longo é usado quando o verbo auxiliar é "ter" ou "haver". Os particípios curtos, irregulares, como "salvo" e "entregue", são usados quando o verbo auxiliar é "ser" ou "estar". Portanto:
Particípio longoEu havia entregado o pacote.
O árbitro tinha expulsado o jogador.
Ele foi condecorado por ter salvado a moça.
Particípio curtoO pacote foi entregue.
O jogador foi expulso.
A moça foi salva, e isso lhe valeu uma condecoração.
Claro que essa regra vale apenas para verbos que têm dois particípios. Nos verbos com um único particípio, não há escolha. O verbo "fazer", por exemplo, tem um só particípio. 
Não se diz "Eu tinha fazido a comida", e sim "eu tinha feito a comida".
Cuidado com o verbo "chegar": apesar de muitos dizerem "Eu tinha chego", na língua culta o particípio desse verbo é "chegado". Em situações formais, diga e escreva sempre "Eu tinha chegado".

Fonte: Alô Escola

INGLÊS - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO






Clearly the purpose for including English as a subject in the curriculum will vary from place to place, but in their general rationale, statements of educational policy usually invoke the importance of its role as a means of international communication. Since, as we have seen, this takes the form of different global registers whereby experts communities conduct their internal affairs, in science, technology, business, and so on, it would seem reasonable to suggest that one way of defining purpose would be in reference to these specialist domains of use. English is included in the curriculum because it promises to provide its learners with the necessary qualification they need to be members of these expert communities. 
From: WIDDOWSON, H.G. Defining Issues in English Language Teaching.
Oxford: OUP, 2003, p. 56.


01) Select the CORRECT alternative.
       According to the text, ...

A(  )    English has spread as an international language because of political circumstances.
B(  )    international communication is the fundamental reason to include English in the   curriculum.
C(  )      expert communities are mainly made up of native speakers of English.
D(  )      knowledge of English is the only qualification necessary to be a member of an expert    community.
E(  )    specialists in science, technology, and business have control over the varieties of English.

02) Which question can CORRECTLY be answered according to the text above?

A (  )     How many global registers are there?
B (  )     Where can learners obtain information about the specialist domains of use?
C (  )    How can we specify objectives for teaching English?
D (  )    Which are the most important expert communities?
E (  )     Who formulates the statements of educational policy?

03) Select the alternative which best completes the text above.  

A (  )     Standard English, then, is not simply a means of communication but the symbolic                      possession of a particular community, expressive of its identity, its conventions, and                  values.
B (  )     If, however, English is to be an international means of communication, the evolution of              different and autonomous Englishes would seem to be self-defeating.
C (  )    Learning the language used for medicine is an entry condition on membership of the                  medical community, and in many parts of the world the language happens to be a register                       of English.
D (  )    Registers relate to domains of use, to areas of knowledge and expertise which cross                  national boundaries and are global of their very nature.
E (  )     This promise is in some ways a delusion, but nevertheless it is represented as a primary objective and motivation for millions of English learners all over the globe.

GABARITO:

01 -B 
02 -C
03 -E